"> Fotografando uma idéia...
Now Playing Tracks

“As relações devem ser firmes e de amor, assim serão livres e estarão sempre ali.O ciúmes é insegurança, o medo é falta de fé. Possessividade não é companheirismo e indiferença não é amor. Se foi afastado era porque não servia mais, não era mais o momento, não era mais para estar do seu caminho.Sem bases sólidas nenhuma relação vai pra frente – é empurrada – e tudo que é empurrado uma hora cai.” 
Zoom Info
Camera
Fujifilm FinePix S1800
ISO
100
Aperture
f/3,1
Exposure
1/75th
Focal Length
5mm

As relações devem ser firmes e de amor, assim serão livres e estarão sempre ali.O ciúmes é insegurança, o medo é falta de fé. Possessividade não é companheirismo e indiferença não é amor. Se foi afastado era porque não servia mais, não era mais o momento, não era mais para estar do seu caminho.Sem bases sólidas nenhuma relação vai pra frente – é empurrada – e tudo que é empurrado uma hora cai.” 

Pare de querer entender tudo…

“A realidade é muito mais complexa do que a nossa mente é capaz de entender e do que temos condição de enxergar. Pra tudo que acontece existe uma rede de acontecimentos passados e condições que acabaram dando origem ao que acontece agora. Vemos apenas fragmentos da realidade.Quando você vê um comportamento negativo de alguém, você está apenas enxergando um pequeno fragmento da realidade. Por trás daquele comportamento, existem uma série de fatos, experiências vividas e coisas que vem de gerações passadas que foram herdadas por aquela pessoa, que acabaram dando origem àquele tipo de comportamento que você vê agora. Nem você sabe por que você agiu da forma que agiu em muitas situações onde fez escolhas e tomou atitudes que não foram as melhores. A mente quer entender tudo, como se ela fosse finalmente ficar em paz ao entender. Só que em muitos casos podemos até ter uma compreensão racional, mas mesmo assim a paz não vem. Então, permita-se ficar em paz, mesmo quando você não tiver a capacidade de entender a realidade.”
Zoom Info
Camera
Fujifilm FinePix S1800
ISO
64
Aperture
f/5,6
Exposure
1/300th
Focal Length
90mm

Pare de querer entender tudo…

“A realidade é muito mais complexa do que a nossa mente é capaz de entender e do que temos condição de enxergar. Pra tudo que acontece existe uma rede de acontecimentos passados e condições que acabaram dando origem ao que acontece agora. Vemos apenas fragmentos da realidade.
Quando você vê um comportamento negativo de alguém, você está apenas enxergando um pequeno fragmento da realidade. Por trás daquele comportamento, existem uma série de fatos, experiências vividas e coisas que vem de gerações passadas que foram herdadas por aquela pessoa, que acabaram dando origem àquele tipo de comportamento que você vê agora. Nem você sabe por que você agiu da forma que agiu em muitas situações onde fez escolhas e tomou atitudes que não foram as melhores. A mente quer entender tudo, como se ela fosse finalmente ficar em paz ao entender. Só que em muitos casos podemos até ter uma compreensão racional, mas mesmo assim a paz não vem. Então, permita-se ficar em paz, mesmo quando você não tiver a capacidade de entender a realidade.”

A LIBERDADE DE SER QUEM VOCÊ É ! 

"Ser. Ser você. Ser único. Ser o ser que você é. Somos. Somos a soma de nossas diferenças. A humanidade é o conjunto de diferentes seres. Como um gigante quebra-cabeça onde todas as peças se encaixam perfeitamente para formar o todo. Não existindo uma única peça repetida. Todos diferentes. Diferentes seres. Iguais na sua origem. A vida usou toda a sua criatividade e o fez único, original e diferente. E o que você faz da sua diferença ? Você a aproveita para se destacar ou procura imitar o outro ? Lembre-se, não há peças repetidas. Quando você tenta copiar o outro, estará tentando sobrepor uma peça que já encontrou o seu lugar. E no quebra-cabeça na Vida existirá um vazio. Existe um espaço no mundo que você, e só você, poderá ocupar. Procure seu espaço e assuma sua diferença.”

"Tomara que a gente não desista de ser quem é por nada nem ninguém deste mundo. Que a gente reconheça o poder do outro sem esquecer-se do nosso. Que as mentiras alheias não confundam as nossas verdades. Que friagem nenhuma seja capaz de encabular o nosso calor mais bonito. Que, mesmo quando estivermos doendo, não percamos de vista nem de sonho a ideia da alegria."
Zoom Info
Camera
SONY DSC-WX7
ISO
100
Aperture
f/2,6
Exposure
1/250th
Focal Length
4mm

"Tomara que a gente não desista de ser quem é por nada nem ninguém deste mundo. Que a gente reconheça o poder do outro sem esquecer-se do nosso. Que as mentiras alheias não confundam as nossas verdades. Que friagem nenhuma seja capaz de encabular o nosso calor mais bonito. Que, mesmo quando estivermos doendo, não percamos de vista nem de sonho a ideia da alegria."

…..

"Ela te abraça e diz que vai ficar mesmo quando todos forem embora. Bagunça teu cabelo e, cochicha algo bonitinho no teu ouvido só pra depois te ver sorri. Ela te quer todas as tardes, frias ou quentes. Te precisa quase todas as noites, exceto os dias em que se encontra ocupada demais pra sentir saudade. Ou os dias em que sai com as amigas. Melhor assim, digo, sem saudade alguma. Ela te espera ligar, e quando o faz tenta não parecer nervosa ao telefone. Forja um ar de insensível, de alguém que não tem medo algum de se envolver. Ela te beija e sorri entre e após o beijo. Ri das tuas besteiras, conforta tuas tristezas. Ela te suporta bêbado depois de uma festa com os amigos, no telefone. E te escuta falar as mesmas merdas de sempre por quase duas horas, só porque isso parece te fazer melhor. Ela te vê fazendo as piores besteiras, e quando não pode evitar, te observa e espera tudo passar aos pouco, para que simplesmente te abrace forte. Só porque te conhece e sabe que sermões não te fariam, nunca, tão bem quanto cuidados. Ela não leva a sério tuas grosserias, tampouco dá ouvidos ao teu falatório tentando atingi-la. Só tenta mudar de assunto, vez ou outra solta uma risadinha sem graça. Ela não faz aquele mimi todo só porque sente ciume dela. Pelo contrário, ela te garante, a cada palavra em meio ao teu discursinho bobo que é tua e, ainda, só tua. Ela esteve contigo em todos os momentos ruins pra te ajudar, e em todos os momentos bons é claro, porque aliás, só foram bons pela sua presença. Ela nunca se deixaria levar por algo que tu disse, porque sabe que vives a tentar afastá-la. Sabe que tu vive com medo de machucar ela, e pra que ela se safe, faz ela ter vontade de ir embora e não acabar ferida pelas merdas que tu faz. Mas ela nunca faria isso, digo, ela não vai embora. E nunca precisou prometer ou coisa assim, porque só tu e ela sabem o quanto isso é verdadeiro. Porque, contudo, é amor sim! Do jeito mais torto e absurdo possível, mas totalmente de vocês. 

;)

O QUE FAZ VOCÊ FELIZ ?

"Conta-se que no século passado, um turista brasileiro foi à cidade do Cairo, no Egito, com o objetivo de visitar um famoso sábio.
O turista ficou surpreso ao ver que o sábio morava num quartinho muito simples e cheio de livros. As únicas peças de mobília eram uma cama, uma mesa e um banco.
Onde estão seus móveis? - perguntou o turista.
E o sábio, bem depressa, perguntou também: E onde estão os seus…?
Os meus? - surpreendeu-se o turista - mas eu estou aqui só de passagem!
Eu também… - concluiu o sábio.
A vida na Terra é somente uma passagem… No entanto, alguns vivem como se fossem ficar aqui eternamente e esquecem de ser felizes.”

"Há que se respeitar o tempo das coisas e das pessoas, sem pressionar os fatos ou cobrar atitudes. É lindo contemplar o espetáculo do sol e o desabrochar das flores, estar junto quando tudo está bom, é fácil ser amigo quando se ouve tudo que quer e se tem tudo que precisa na hora que se pede. Mas quando cai a chuva ou a flor murcha quem estará ali? Quem compreenderá que você é humana, erra, diz não, às vezes não tá afim, a cara não tá boa?
Há que se respeitar quando estamos desertas, quando a voz doce também está azeda. E não se afastar por isso, ou cobrar. Só se decepciona quem cria expectativas, quem não sabe ouvir um não, quem não sabe respeitar o espaço e ritmo de cada um. Quem compreende isso tem leveza nas relações…” 
Zoom Info
Camera
SONY DSC-WX7
ISO
100
Aperture
f/5,6
Exposure
1/160th
Focal Length
18mm

"Há que se respeitar o tempo das coisas e das pessoas, sem pressionar os fatos ou cobrar atitudes. É lindo contemplar o espetáculo do sol e o desabrochar das flores, estar junto quando tudo está bom, é fácil ser amigo quando se ouve tudo que quer e se tem tudo que precisa na hora que se pede. Mas quando cai a chuva ou a flor murcha quem estará ali? Quem compreenderá que você é humana, erra, diz não, às vezes não tá afim, a cara não tá boa?

Há que se respeitar quando estamos desertas, quando a voz doce também está azeda. E não se afastar por isso, ou cobrar. Só se decepciona quem cria expectativas, quem não sabe ouvir um não, quem não sabe respeitar o espaço e ritmo de cada um. Quem compreende isso tem leveza nas relações…” 

“E se nossa religião fosse o outro.
Se nossa prática fosse a nossa vida.
Se a oração fosse nossas palavras.
Se o Templo fosse a Terra.
E se as florestas fossem nossas igrejas.
Se águas santas fossem – rios, lagos e oceanos.
E se a meditação fosse nossos relacionamentos.
Se o professor fosse a vida.
Se a sabedoria fosse o auto-conhecimento.
Se o amor fosse o centro do nosso Ser.”

"Há períodos na nossa vida em que somos forçados a dar uma desacelerada no nosso ritmo para olharmos mais o nosso interior, o que não acontece quando estamos inteiramente envolvidos com as preocupações mundanas. Os avisos são dados antes, mas muitas vezes precisamos passar por situações chatas para entendermos. Na hora ficamos chateados em função de não estarmos conseguindo fazer o que gostamos. Parece que estamos parados, mas é justamente ao contrário, pois estamos nos conhecendo e fazendo coisas que nunca pensaríamos que um dia iriamos fazer. Começamos a ter uma nova visão de quem realmente somos e o potencial que temos. O tempo vai passando e aos poucos vamos entendendo e agradecendo pois saímos mais fortes do que antes. Nós somos livres, mas monitorados pelo plano espiritual que tenta de todas as formas nos ajudar, só que na maioria das vezes não conseguimos enxergar.”

To Tumblr, Love Pixel Union